[REVIEW] DOUTOR ESTRANHO 2: DEFINITIVAMENTE O PRIMEIRO TERROR DA MARVEL, COM DIREITO A SUSTOS, SANGUE E MUITA VIOLÊNCIA

[REVIEW] DOUTOR ESTRANHO 2: DEFINITIVAMENTE O PRIMEIRO TERROR DA MARVEL, COM DIREITO A SUSTOS, SANGUE E MUITA VIOLÊNCIA

Por Moisés Salema

Foi aqui que pediram um filme de terror? Doutor Estranho: No Multiverso da Loucura chegou aos cinemas e surpreendeu os fãs de herói, principalmente os do Universo Cinematográfico Marvel. 

O longa dirigido por Sam Raimi chamou atenção por fugir da velha receita dos filmes da produtora. Raimi não teve medo de arriscar e toda coragem valeu a pena.

Doutor Estranho 2 caminha entre o ridículo – não que isso seja ruim -, ação e o terror de forma fluida e dinâmica.

O diretor que tem vasta experiência com filmes de herói – foi responsável pelos longas Homem-Aranha de Tobey Maguire – e terror, conseguiu misturar o melhor dos dois mundos em um longa surpreendente.

Com uma diversidade quase infinita de personagens à disposição, o roteiro de Michael Waldronsão (Loki) soube escolher os melhores para a composição da trama.

Mesmo com alguns tendo pouco tempo de tela, quem está assistindo entende o papel de cada um para a trama principal.

America Chavez, nova personagem do UCM é o ponto central do filme. Tudo gira em torno da garota e o diretor conseguiu introduzi-la da melhor maneira possível.

Com um vilão bem desenvolvido e com motivações plausíveis, ele traz grandes embates e cenas de ação com o mago. Aliás, as cenas de lutas e as sequências de ação são muito bem conduzidas e trabalhadas.

Se tratando de ação, Raimi abandonou a cartilha e criou um filme que foge totalmente dos padrões Marvel. Personagens sinistros, gente sendo partida ao meio, cabeças explodindo e sangue aparente. Não parece um filme do grupo Disney.

Quanto às atuações, Benedict Cumberbatch entrega a melhor versão de Doutor Estranho até o momento.

O destaque fica para Elizabeth Olsen, que transita entre a doçura de Wanda e a perversidade e frieza da Feiticeira Escarlate de forma surpreendente, com toda certeza o melhor trabalho da atriz.

De um modo geral o longa não apresenta grandes problemas. Tem um começo, meio e fim bem desenvolvido. Para falar que nem tudo é perfeito, existem problemas pontuais nos CGIs, mas definitivamente nada que atrapalhe a experiência de quem está assistindo.

O longa conta com duas cenas pós-créditos, então vale esperar as letrinhas subirem.

Doutor Estranho: No Multiverso da Loucura já está em cartaz em todos os cinemas.

Conta para a gente o que estão achando do filme? Participe comentando lá no nosso Instagram no @folhafmoficial! Mais novidades fiquem ligadinhos aqui na FOLHA FM 102.1!!!

Equipe Folha
A autora

Equipe Folha

Time da melhor rádio de Londrina!

Folha FM. O ritmo da sua vida!

Deixe seu comentário

Outras notícias

GOD OF WAR E HORIZON ZERO DAWN VÃO VIRAR SÉRIE DE TV

GOD OF WAR E HORIZON ZERO DAWN VÃO VIRAR SÉRIE DE TV

SAIBA MAIS
MARVEL DIVULGA NOVO TRAILER DE MULHER-HULK COM CGI MELHORADO APÓS CRÍTICAS

MARVEL DIVULGA NOVO TRAILER DE MULHER-HULK COM CGI MELHORADO APÓS CRÍTICAS

SAIBA MAIS
CRIANÇA QUE NASCEU DURANTE SHOW DO METALLICA RECEBE NOME DO VOCALISTA COMO HOMENAGEM

CRIANÇA QUE NASCEU DURANTE SHOW DO METALLICA RECEBE NOME DO VOCALISTA COMO HOMENAGEM

SAIBA MAIS